1. Editorias
  2. Política
  3. PSL fará pesquisas para avaliar nome de empresário pré-candidato a prefeito
Publicidade

PSL fará pesquisas para avaliar nome de empresário pré-candidato a prefeito

Segundo o líder do partido , a questão foi definida pela executiva nacional

O PSL-PI realizará pesquisas de opinião entre janeiro e fevereiro do próximo ano para avaliar a pré-candidatura do partido à prefeitura de Teresina. Segundo o presidente do PSL no estado, vereador Luís André, a questão foi definida pela executiva nacional.

“A própria nacional determinou que vamos colocar pesquisas no começo do ano de 2020 para que nós possamos ter o mínimo de viabilidade. Vamos tentar viabilizar, colocar todo o nosso time de pré-candidatos a vereadores (em Teresina), que são 20”, detalhou André em entrevista ao Portal AZ.

O presidente do PSL no estado, vereador Luís André (Foto: Wanderson Camêlo/Portal AZ)

O empresário José Valter Lima, mais conhecido como “Valter Rei das Motos”, por enquanto, é quem tem a preferência da legenda para disputar o pleito. “Na última reunião, do dia 25 de novembro, foi determinado que o nosso pré-candidato é o Valter Rei das Motos, nosso presidente municipal. A executiva municipal se reuniu junto com a estadual. Agora vamos colocar o nosso time na rua, vamos atrás de viabilizar [a candidatura do empresário], afirmou o parlamentar.

A advogada Rubenita Lessa também era opção, mas preferiu se mudar para o Aliança pelo Brasil – agremiação criada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e não faz mais parte dos planos. Luís André amenizou a perda.

“É um grande nome, mas sempre foi coerente em suas decisões, em suas posturas. Nas reuniões ela falava que se o presidente Bolsonaro saísse do partido ela o acompanharia. Ela sempre foi coerente em suas decisões; a gente sempre está conversando. Desejo boa sorte a ela”, disse o vereador.

O presidente também tratou sobre a possibilidade de debandada em massa do partido, influenciada pela desfiliação de Bolsonaro. “Em hipótese alguma assemelha-se que o PSL poderá perder de imediato”, avaliou.

No Piauí o PSL pretende eleger 100 vereadores e até 8 prefeitos.

Matéria relacionada:

PSL marca encontro para homologar nomes que lutarão pela pré-candidatura a prefeito de Teresina

O PSL-PI realizará pesquisas de opinião entre janeiro e fevereiro do próximo ano para avaliar a pré-candidatura do partido à prefeitura de Teresina. Segundo o presidente do PSL no estado, vereador Luís André, a questão foi definida pela executiva nacional.

“A própria nacional determinou que vamos colocar pesquisas no começo do ano de 2020 para que nós possamos ter o mínimo de viabilidade. Vamos tentar viabilizar, colocar todo o nosso time de pré-candidatos a vereadores (em Teresina), que são 20”, detalhou André em entrevista ao Portal AZ.

O presidente do PSL no estado, vereador Luís André (Foto: Wanderson Camêlo/Portal AZ)

O empresário José Valter Lima, mais conhecido como “Valter Rei das Motos”, por enquanto, é quem tem a preferência da legenda para disputar o pleito. “Na última reunião, do dia 25 de novembro, foi determinado que o nosso pré-candidato é o Valter Rei das Motos, nosso presidente municipal. A executiva municipal se reuniu junto com a estadual. Agora vamos colocar o nosso time na rua, vamos atrás de viabilizar [a candidatura do empresário], afirmou o parlamentar.

A advogada Rubenita Lessa também era opção, mas preferiu se mudar para o Aliança pelo Brasil – agremiação criada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e não faz mais parte dos planos. Luís André amenizou a perda.

“É um grande nome, mas sempre foi coerente em suas decisões, em suas posturas. Nas reuniões ela falava que se o presidente Bolsonaro saísse do partido ela o acompanharia. Ela sempre foi coerente em suas decisões; a gente sempre está conversando. Desejo boa sorte a ela”, disse o vereador.

O presidente também tratou sobre a possibilidade de debandada em massa do partido, influenciada pela desfiliação de Bolsonaro. “Em hipótese alguma assemelha-se que o PSL poderá perder de imediato”, avaliou.

No Piauí o PSL pretende eleger 100 vereadores e até 8 prefeitos.

Matéria relacionada:

PSL marca encontro para homologar nomes que lutarão pela pré-candidatura a prefeito de Teresina