1. Editorias
  2. Geral
  3. Blitz educativa debate feminicídio nesta terça-feira em Teresina
Publicidade

Blitz educativa debate feminicídio nesta terça-feira em Teresina

O evento é aberto para todos os públicos

Uma Blitz Educativa, organizada pelo Conselho Municipal dos direitos da mulher, em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, acontecerá no Shopping da Cidade por volta das 8h30 desta terça-feira (03) em Teresina. O evento é gratuito.

A campanha é realizada no mundo todo desde 1991, e tem o objetivo de alertar, instruir, fomentar a necessidade de tomada de atitudes preventivas da mulher além de oportunizar informações sobre a Rede de Serviços do município, especializada na atenção à mulher em situação de violência.

Organização do evento (Foto: Divulgação)

A ação integrará a agenda de ações da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher. A cada quatro minutos, uma mulher sofre violência física no Brasil, sem contar os casos de feminicídio. Os dados divulgados pelo Ministério da Saúde ainda apontam um aumento de 53% nos registros de violência sexual. Nesse tipo de agressão, sete em cada 10 vítimas são crianças e adolescentes.

“Não basta não agredir ou ser contra a violência. É preciso agir! Essa luta é minha, é sua. Precisa ser de todos nós!" - Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de Teresina.

Uma Blitz Educativa, organizada pelo Conselho Municipal dos direitos da mulher, em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, acontecerá no Shopping da Cidade por volta das 8h30 desta terça-feira (03) em Teresina. O evento é gratuito.

A campanha é realizada no mundo todo desde 1991, e tem o objetivo de alertar, instruir, fomentar a necessidade de tomada de atitudes preventivas da mulher além de oportunizar informações sobre a Rede de Serviços do município, especializada na atenção à mulher em situação de violência.

Organização do evento (Foto: Divulgação)

A ação integrará a agenda de ações da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher. A cada quatro minutos, uma mulher sofre violência física no Brasil, sem contar os casos de feminicídio. Os dados divulgados pelo Ministério da Saúde ainda apontam um aumento de 53% nos registros de violência sexual. Nesse tipo de agressão, sete em cada 10 vítimas são crianças e adolescentes.

“Não basta não agredir ou ser contra a violência. É preciso agir! Essa luta é minha, é sua. Precisa ser de todos nós!" - Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de Teresina.