1. Editorias
  2. Educação
  3. Quatro escolas da rede municipal suspendem aulas presenciais depois de casos de covid-19
Publicidade

Quatro escolas da rede municipal suspendem aulas presenciais depois de casos de covid-19

As unidades são monitoradas e passarão por sanitização, afirma Semec

Quatro escolas da rede municipal de ensino suspenderam as aulas presenciais depois que funcionários e alunos testaram positivo para a covid-19, em Teresina. A Secretaria Municipal de Educação afirmou que as instituições com casos confirmados da doença passarão por sanitização.

Quatro escolas da rede municipal suspendem aulas depois de casos de Covid-19 (Foto: Agência Brasil)

A Semec informou ao Portal AZ que mesmo depois do retorno das atividades escolares o número de contaminação pelo coronavírus se manteve reduzido. Todo o trabalho de monitoramento das escolas que registraram casos confirmados são realizados regularmente, garantiu a secretaria.

De acordo com a pasta, as turmas com pessoas positivadas ficaram participando das aulas exclusivamente de forma remota. As outras 254 escolas permanecem no sistema híbrido. Conforme determina os protocolos sanitários, as escolas afetadas receberão reforço de sanitização. 

"Recentemente, mais duas, entraram em contato com a secretaria, que fez o monitoramento. A Semec destaca, ainda, que vêm monitorando o cumprimento das medidas sanitárias junto às unidades de ensino", disse em nota.

Seduc define retorno obrigatório de aulas presenciais

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) determinou a retomada obrigatória das aulas presenciais para todas as modalidades e etapas de ensino no último dia 18 deste mês.

As atividades educacionais iniciaram com a 3ª série do Ensino Médio. Até então, a presença era opcional às famílias. O secretário da Educação, Ellen Gera, afirmou que o retorno presencial vem ocorrendo gradativamente nas escolas da rede estadual desde o início do segundo semestre deste ano.  

A frequência presencial obrigatória foi exigida segundo cronograma:

  • 18 de outubro 2021 – a 3ª série do Ensino Médio, em todas as modalidades e suas respectivas etapas;
  • 25 de outubro de 2021 –  o 5º e 9º anos do Ensino Fundamental;
  • 1º de novembro de 2021 – 1º, 2º, 3º, 4º, 6º, 7º, 8º anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, a partir do dia 1º de novembro de 2021.

A volta presencial às aulas só não é obrigatória aos estudantes que apresentarem um pedido formal que, após análise das escolas, tenha autorização para continuar em atividade remota. 

Matéria relacionada:

Seduc define data do retorno obrigatório das aulas 100% presenciais e divulga cronograma

Quatro escolas da rede municipal de ensino suspenderam as aulas presenciais depois que funcionários e alunos testaram positivo para a covid-19, em Teresina. A Secretaria Municipal de Educação afirmou que as instituições com casos confirmados da doença passarão por sanitização.

Quatro escolas da rede municipal suspendem aulas depois de casos de Covid-19 (Foto: Agência Brasil)

A Semec informou ao Portal AZ que mesmo depois do retorno das atividades escolares o número de contaminação pelo coronavírus se manteve reduzido. Todo o trabalho de monitoramento das escolas que registraram casos confirmados são realizados regularmente, garantiu a secretaria.

De acordo com a pasta, as turmas com pessoas positivadas ficaram participando das aulas exclusivamente de forma remota. As outras 254 escolas permanecem no sistema híbrido. Conforme determina os protocolos sanitários, as escolas afetadas receberão reforço de sanitização. 

"Recentemente, mais duas, entraram em contato com a secretaria, que fez o monitoramento. A Semec destaca, ainda, que vêm monitorando o cumprimento das medidas sanitárias junto às unidades de ensino", disse em nota.

Seduc define retorno obrigatório de aulas presenciais

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) determinou a retomada obrigatória das aulas presenciais para todas as modalidades e etapas de ensino no último dia 18 deste mês.

As atividades educacionais iniciaram com a 3ª série do Ensino Médio. Até então, a presença era opcional às famílias. O secretário da Educação, Ellen Gera, afirmou que o retorno presencial vem ocorrendo gradativamente nas escolas da rede estadual desde o início do segundo semestre deste ano.  

A frequência presencial obrigatória foi exigida segundo cronograma:

  • 18 de outubro 2021 – a 3ª série do Ensino Médio, em todas as modalidades e suas respectivas etapas;
  • 25 de outubro de 2021 –  o 5º e 9º anos do Ensino Fundamental;
  • 1º de novembro de 2021 – 1º, 2º, 3º, 4º, 6º, 7º, 8º anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, a partir do dia 1º de novembro de 2021.

A volta presencial às aulas só não é obrigatória aos estudantes que apresentarem um pedido formal que, após análise das escolas, tenha autorização para continuar em atividade remota. 

Matéria relacionada:

Seduc define data do retorno obrigatório das aulas 100% presenciais e divulga cronograma