1. Editorias
  2. Maranhão
  3. Prefeitura de Timon monitora quatro casos suspeitos de coronavírus
Publicidade

Prefeitura de Timon monitora quatro casos suspeitos de coronavírus

Segundo o prefeito, a vigilância epidemiológica vem fazendo o acompanhamento desses pacientes

A Secretaria Municipal de Saúde está monitorando quatro casos suspeitos de coronavírus no município de Timon, no Maranhão. Segundo a SMS, as pessoas já foram submetidas à coleta de material que será enviado para o LACEN, na capital São Luís. A previsão para o resultado é de, em média, 10 a 15 dias. 

Prefeitura de Timon monitora quatro casos suspeitos de coronavírus (Foto: divulgação)

Diante da pandemia do coronavírus, o prefeito Luciano Leitoa encaminhou à câmara de vereadores um projeto de lei que trata especificamente do enfrentamento emergencial do Covid-19. De acordo com o gestor, a vigilância epidemiológica vem fazendo o acompanhamento desses pacientes, que estão isolados em casa, em regime de quarentena.

A Secretaria Municipal de Saúde informou ainda que os profissionais de saúde já foram capacitados em São Luís e estão replicando o treinamento no município, para que toda a rede de assistência esteja pronta ao atendimento emergencial. 

"Toda a rede pública que envolve a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e os hospitais Alarico Pacheco e do Parque Alvorada, já está orientada à realização das medidas necessárias.  Portanto, se a população seguir a recomendação das medidas preventivas e protetivas, o município estará apto para enfrentar esse importante momento de mobilização", informou. 

*Com informações da Ascom

A Secretaria Municipal de Saúde está monitorando quatro casos suspeitos de coronavírus no município de Timon, no Maranhão. Segundo a SMS, as pessoas já foram submetidas à coleta de material que será enviado para o LACEN, na capital São Luís. A previsão para o resultado é de, em média, 10 a 15 dias. 

Prefeitura de Timon monitora quatro casos suspeitos de coronavírus (Foto: divulgação)

Diante da pandemia do coronavírus, o prefeito Luciano Leitoa encaminhou à câmara de vereadores um projeto de lei que trata especificamente do enfrentamento emergencial do Covid-19. De acordo com o gestor, a vigilância epidemiológica vem fazendo o acompanhamento desses pacientes, que estão isolados em casa, em regime de quarentena.

A Secretaria Municipal de Saúde informou ainda que os profissionais de saúde já foram capacitados em São Luís e estão replicando o treinamento no município, para que toda a rede de assistência esteja pronta ao atendimento emergencial. 

"Toda a rede pública que envolve a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e os hospitais Alarico Pacheco e do Parque Alvorada, já está orientada à realização das medidas necessárias.  Portanto, se a população seguir a recomendação das medidas preventivas e protetivas, o município estará apto para enfrentar esse importante momento de mobilização", informou. 

*Com informações da Ascom